6 Comentários
Jan 17Gostado por Marco Neves

Hispania era o nome da Península Ibérica, e penso que é essa designação a que refere Camões, assim como vários renascentistas. Ficou no nome do país Espanha, que é o conjunto de várias nações.

Expand full comment
author
Jan 17·editado Jan 17Autor

Sim, Espanha é a evolução da palavra latina Hispania. Camões usou "Espanha" com esse sentido (embora não fosse um termo exclusivamente geográfico; havia uma certa noção de comunidade cultural). "Espanha" só começou a ser usado exclusivamente para designar aquilo que designa hoje (um Estado ibérico que não inclui Portugal) a partir dos séculos XVIII/XIX. Nós é que olhamos para trás com os olhos do presente e imaginamos que Espanha participou na Batalha de Aljubarrota (as pessoas da época achariam a noção ridícula). Um português do século XIV (e XV, e XVI...) era tão espanhol (habitante da velha Hispania) como um castelhano ou um aragonês.

Expand full comment

Efectivamente Marco, Aljubarrota foi unha derrota do Reino de Castela fronte a Portugal!

Eu son iberista, nada me gustaría máis que unha Unión de Estados Ibéricos (por suposto incluíndo Portugal).

Expand full comment
Jan 18Gostado por Marco Neves

A assunção do nome Espanha foi protestada até ao século XIX pelas autoridades portuguesas.

Expand full comment
Jan 18Gostado por Marco Neves

Também comecei a ler este livro por sua sugestão. Não posso dizer que esteja a adorar, mas relembra detalhes importantes como a nossa ligação à Flandres - não é coincidência que o nosso tipo de queijo “favorito” seja o flamengo.

Expand full comment
Jan 17Gostado por Marco Neves

Portugal tem as fronteiras estáveis mais antigas da Europa , exceptuando umas escaramuças aqui e ali, como o Olivença é Nossa! É interessante pensar nisto...

Expand full comment